NOTÍCIAS

Manutenção eficiente e treinamento são considerados essenciais


Resultados positivos no processo de filtragem dependem também do conhecimento das metas e objetivos a serem seguidos


O preparo de lodo é um dos itens mais importantes para se conseguir uma boa performance no processo de filtragem, o que inclui temperatura, concentração, dosagem de bagaço, dosagem de polímero e água de embebição, afirma Delsione Luiz da Silva, supervisor pós-venda da VLC Sistemas de Filtração e Sedimentação.

Segundo ele, o comprometimento dos operadores é fundamental e somente com o treinamento há a possibilidade de conseguir a excelência nos resultados do processo de filtração. É necessário fazer com que saibam da importância dos resultados e tenham em mente o quanto se perde com a baixa eficiência do filtro – diz. “É muito comum visitarmos usinas em que os operadores não têm conhecimento das metas de perda ou do objetivo a ser seguido”. Costata o supervisor pós-venda.

Como os filtros possuem muitos itens de desgaste, a realização da manutenção adequada é muito importante para evitar perdas de vácuo – recomenda. “É preciso fazer uma manutenção preventiva durante a safra”, ressalta. Segundo Delsione Silva, a VLC possui uma linha específica para clarificação e filtragem para tratamento de lodo em usinas, incluindo filtro rotativo, prensa desaguadora, o filtro SCF.

“O filtro SCF é nosso último desenvolvimento para o tratamento de lodo”, informa. Esse equipamento alia as melhores características do filtro rotativo e da prensa desaguadora – enfatiza. Pol mais baixa, filtrado mais limpo e com maior teor de brix, menor consumo de água e menor custo de manutenção são os principais ganhos proporcionados pelo Filtro SCF – destaca.

“O SCF consome somente nove metros cúbicos por hora de água para lavagem  da torta e dez m³/h para lavagem da tela, enquanto na prensa esse consumo é em torno de quarenta m³/h (lavagem da tela + lavagem da torta), detalha.

O baixo custo de manutenção é outro ponto de destaque do SCF quando comparado ao filtro rotativo e a prensa desaguadora. “Temos histórico de que as telas do filtro SCF duram até três safras e na prensa há necessidade de dois a três jogos por safra”. revela. A substituição da tela, além de ter um custo elevado, diminui a disponibilidade operacional devido ao tempo necessário para a troca – comenta. (RA).